Clockwork Comunicação

Twitter

O que é o clipping?

blog Pausa Dramática

Buzz tenta tornar o Google mais “social”

11 de fev de 2010

Se a moda digital de 2009 foi o Twitter, a de 2010 pode muito bem ser o Buzz. Esse é o nome do novo produto da grife Google, lançado na terça-feira, que combina elementos de redes sociais com a plataforma (popularíssima, diga-se de passagem) do Gmail. Ele já chega com versões para smartphones – para iPhone e para os aparelhos equipados com o sistema operacional Android, da própria Google.


O Buzz está sendo incorporado às contas do Gmail nos próximos dias. Para o usuário, ele vai aparecer como um ícone colorido ao lado da caixa de entrada. Ao clicar nele, o usuário encontra entradas de texto que lembram os tweets, mas que permitem agregar imagens, vídeos e links, como no Facebook. Uma lista de “seguidores”, como no Twitter, é gerada automaticamente, com base nos contatos do Gmail. O Buzz também vai sincronizar-se com o Google Docs e a agenda do Google Calendar. Os posts podem ser públicos ou direcionados apenas a grupos – contatos, colegas de trabalho ou família, por exemplo.

“Nossa convicção é que organizar a informação social na web – encontrar o que é interessante em meio a tanto ruído – se converteu em um desafio de grande escala, que o Google, com sua experiência na organização da informação, pode ajudar a resolver”, explicou o responsável pelo produto, Todd Jackson, no blog da empresa. Não é a primeira vez que o Google lança uma ferramenta que se propõe a integrar diversas formas de comunicação. No ano passado, a empresa criou muita agitação na internet com o Wave, uma ferramenta que permita bate-papo e compartilhamento de arquivos em tempo real. Passados seis meses, no entanto, pouca gente se lembra do Wave.

O novo produto mira em concorrentes como o Twitter e o Facebook, que concentram muitos usuários e cresceram rapidamente nos últimos meses – o Facebook chegou inclusive a tirar gente do Orkut, a rede social do Google que só pegou no Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Clockwork News by TNB