Clockwork Comunicação

Twitter

O que é o clipping?

blog Pausa Dramática

BR Malls compra 40% do Crystal por R$ 60 milhões

16 de set de 2010

Administradora adquiriu fatia do empresário Aníbal Tacla, e agora comanda três shoppings em Curitiba

A BR Malls Participações anunciou ontem à noite a compra de 40% do shopping Crystal Plaza, em Curitiba. A fatia foi adquirida do principal acionista do empreendimento, o empresário Aníbal Tacla, que é dono do shopping Palladium e tem participação de 45% no centro de compras planejado para parte da área do Jockey Club de Curitiba. Com a saída de Tacla, o Crystal deixa de ter paranaenses em seu quadro societário – assim como a BR Malls, os outros dois sócios do shopping têm sede no Rio de Janeiro. O valor do negócio, de R$ 60 milhões, foi dividido em duas parcelas. A primeira, de R$ 1,5 milhão, foi paga ontem. A segunda, de R$ 58,5 milhões, será quitada daqui a um ano, corrigida pela variação do Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M).


Além de se tornar a principal acionista do Crystal, a BR Malls passa a ser administradora do shop­ping, o terceiro sob sua gestão na cidade. A companhia também é dona de 100% do Estação e tem 35% do Curitiba – que ficam a 1,3 quilômetro e a 400 metros de distância do Crystal, respectivamente.

Segundo comunicado enviado ao mercado, a proximidade dos três shoppings “gerará importantes sinergias operacionais e comerciais para a companhia, uma vez que os três empreendimentos possuem posicionamentos de mercado diferenciados, sendo o Crystal Plaza voltado para o consumidor de classe mais alta, enquanto o Shopping Curitiba é voltado para a classe média alta e o Shopping Estação, para a classe média”. No Crystal, a empresa espera obter lucro operacional líquido de R$ 6,8 milhões em 2011.

Especulações

Inaugurado em novembro de 1996, o Crystal tem 12,3 mil metros quadrados de área bruta locável (ABL), com 135 lojas e cinco salas de cinema. As especulações sobre a saída de Tacla – que nos últimos meses evitou o assunto em conversas com a imprensa e ontem não foi localizado para comentar a venda – começaram há pelo menos um ano. Inicialmente, os rumores apontavam para a ampliação da fatia de um dos sócios do empreendimento, o grupo Brookfield Brasil Shopping Centers (antigo Brascan), que também vem acelerando sua expansão nos últimos anos. Com o negócio anunciado ontem, no entanto, Brookfield e Ejec Participações, que entraram no Crystal com a compra de ações de fundos de pensão, permanecem com 30% do shopping cada um.

Com a aquisição de 40% do Crystal, a BR Malls passou a ser acionista de 36 shoppings nas cinco regiões do país, dos quais 25 são administrados por ela. Sua ABL própria subiu de 491,1 mil para 496 mil metros quadrados.
 
da Gazeta do Povo

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Clockwork News by TNB