Clockwork Comunicação

Twitter

O que é o clipping?

blog Pausa Dramática

Uma aposta para os próximos capítulos da cultura pop

5 de ago de 2009


No meu primeiro post não vou falar de uma tendência propriamente dita, mas de uma aposta para a TV e talvez até para o cinema em um futuro próximo. O nome da pessoa em que estou apostando? Com certeza você já o conhece, pois é ele a persona por detrás de um dos maiores fenômenos televisivos dos últimos tempos, o seriado “Lost”.
Com o espaço que temos não cabe da minha parte tantos mistérios, é óbvio que estamos falando de J. J. Abrams, a figura competente que já aparecia discretamente nos créditos de outras séries televisivas como “Felicity”, “Alias” e até de blockbusters como “Armageddon”.
Criatividade e competência em um mesmo ser

Sem dúvida, o up de sua carreira se dá com “Lost” quando Abrams realiza o que o público por muito tempo esperava: uma série dramática com toques sobrenaturais inteligentes. Iniciada em 2004, a série se revelou um frescor aos amantes de ficção e também a todos aqueles que apresentavam algum receio com o gênero, hoje a cultura pop já a incorporou e isso com certeza não foi por acaso.


Dramático, suspense e sobrenatural em uma combinação dosada e funcional


Agora vocês me perguntam, esse post não está atrasado? Afinal, o seriado já vai pra sua última temporada, recebendo inclusive algumas críticas não muito simpáticas. Além disso, vocês também podem dizer que J.J Abrams já provou ser um diretor e produtor de cinema que merece ser visto, já que ele produziu “Cloverfield”, longa que tem reais chances de virar um Cult, além de ser o hábil diretor de “Star Trek”, filme baseado no seriado da televisão que não decepcionou fãs que são em sua maioria chatos e exigentes, não necessariamente nessa ordem.


Star Trek - Uma recriação que não decepcionou os fãs mais exigentes


Enfim, posso apostar que não estou atrasado. A nova série de Abrams “Fringe” não alcançou o sucesso de público que era esperado e com o fim de “Lost” o que virá dessa mente um tanto inquieta e conspiratória? Muitos podem dizer uma crise criativa, ou, para os mais otimistas, uma seqüência de produções que tendem a exaurir o formato de Abrams que eu classificaria de “ficção inteligente”. No entanto, apesar de promessas surgirem a cada nova safra de temporadas da TV americana e desaparecerem antes mesmo que os seus nomes nos digam algo eu guardaria esse nome por uns bons anos e não descartaria absolutamente nenhum de seus próximos trabalhos, apesar de ser possível ele errar a mão mais um tanto de vezes, o seu próximo acerto pode abrir um novo capítulo no nosso livro pop, e é claro você não vai querer ser o último a saber disso, vai?.

1 comentários:

- T. disse...

aguardarei ansiosa novos feitos do J.J.Abrams e novos post seus!

5 de agosto de 2009 18:26

Postar um comentário

 

2009 ·Clockwork News by TNB