Clockwork Comunicação

Twitter

O que é o clipping?

blog Pausa Dramática

Trilhas sonoras bombam artistas antigos e dão visibilidade a jovens

24 de mai de 2010

24-05-10
Quem acompanha novelas também fica atento às músicas que tocarão na hora do beijo da mocinha e do herói ou quando surge a vilã

Quando uma trama começa, não são apenas os novos personagens e a história que chamam a atenção. O telespectador também fica atento às músicas que tocarão na hora do beijo da mocinha e do herói ou quando surge a vilã. Muitos personagens ficam marcados pela canção que os acompanha durante a novela. E quando o casamento entre personagem e música dá certo, a receita é certeira: vira hit. As novelas têm o poder de dar força a artistas já consagrados e também de transformar novatos em sucesso. Por isso, a seleção é feita com cautela. "Nada é uma "decisão única'. Tudo é discutido com a equipe", diz Mariozinho Rocha, diretor musical da TV Globo.


Entre os nomes que lideram as trilhas estão Caetano Veloso, Gal Costa, Ana Carolina e Rita Lee.


Na próxima trama das sete, Ti-Ti-Ti, Rosanah emplacará sua 18ª música em um folhetim. "Será uma versão de "Greatest Love of All', da Whitney Houston", adianta a cantora, conhecida por Amor e Poder, incluída em Mandala (1987).

Para Luiza Possi, que já participou de oito trilhas, fazer parte de uma trama facilita bastante a divulgação do trabalho. "A novela tem um alcance incalculável", finaliza a cantora.

Quando não havia MTV nem YouTube, as trilhas sonoras das novelas eram aguardadas com bastante ansiedade. O motivo era simples: esses discos é que traziam para o Brasil as últimas novidades da música internacional -especialmente dos Estados Unidos. Dancin' Days, de 1978, levou o clima da disco para os lares brasileiros'', lembra Nilson Xavier, autor do Almanaque da Telenovela Brasileira'. "Além disso, as trilhas ajudaram a consagrar as mais diferentes vertentes da música brasileira, como a lambada, com Rainha da Sucata (1989), e o sertanejo, presente em O Rei do Gado(1996) e América (2005), diz Xavier. Para o pesquisador, não basta ter nomes consagrados na trilha. "Para o disco ser lembrado é preciso que a novela também seja sucesso'', encerra.

Curiosidades das trilhas sonoras

Caetano Veloso é o artista masculino com o maior número de músicas em novelas. Entre as mulheres, Gal Costa lidera o ranking. Cada um dos dois artistas baianos tiveram quase 50 canções utilizadas nos folhetins.

Outros intérpretes que participaram de mais de 10 trilhas sonoras são Djavan, Marina Lima, Elba Ramalho, Fafá de Belém e Rosana, entre outros. Na "nova geração'', nomes como Ana Carolina, Adriana Calcanhotto e Vanessa da Mata são recorrentes.

No remake de Ti-Ti-Ti', que irá estrear em junho, Rita Lee dará a voz ao tema de abertura da novela. Será a 8ª abertura com a voz da cantora. Ney Matogrosso, Gal Costa e Roupa Nova também são artistas que apareceram bastante com músicas na abertura das tramas.

A atriz Cláudia Raia aparece na capa de 8 discos de trilhas sonoras: A Favorita, Sassaricando e Rainha da Sucata, entre outros.

Entre os homens, o marido de Claudia, Edson Celulari, lidera a lista de aparições, com 5 capas. Ele está em Cambalacho e Deus nos Acuda, entre outros.

A trilha sonora musical de Estúpido Cupido vendeu 1 milhão de cópias e foi o primeiro sucesso do gênero. A trilha que mais vendeu foi o primeiro volume de O Rei do Gado, com mais de 2 milhões de discos.

Músicas e trilhas marcantes

CAMINHO DAS ÍNDIAS (2009)

aNa trama de Gloria Perez, a música de maior sucesso foi Você Não Vale Nada, de Calcinha Preta. Músicas indianas também embalaram a novela


A FAVORITA (2008)

aUma das canções de sucesso na novela foi Beijinho Doce, interpretada por Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Cláudia Raia), que formavam uma dupla sertaneja. A música ganhou uma série de versões que se tornaram populares no YouTube


BELÍSSIMA (2005)

aAi, Ai, Ai..., de Vanessa da Mata, foi o principal hit da trilha sonora da trama de Silvio de Abreu. A música ganhou diferentes versões e pôde ser ouvida nas pistas das baladas do país inteiro


SENHORA DO DESTINO (2004)

aEncontros e Despedidas, interpretada por Maria Rita, foi a música de abertura da trama e deixou a cantora, que havia lançado o seu primeiro álbum recentemente, conhecida no país inteiro.


MULHERES APAIXONADAS (2003)

aO grupo Tribalistas, formado por Marisa Monte, Arnaldo Antunes e Carlinhos Brown, teve a música Velha Infância na trilha da novela. A canção embalava o romance entre Edwiges (Carolina Dieckmann) e Cláudio (Erik Marmo)


O CLONE (2001)

aCom a novela, músicas árabes passaram a chamar a atenção do público brasileiro e tocaram em rádios e em festas. Deixa a Vida me Levar, de Zeca Pagodinho, foi outro sucesso da trilha


LAÇOS DE FAMÍLIA (2000)

aA novela tornou a cantora Lara Fabian conhecida no Brasil. Sua música, Love by Grace, tema da personagem Camila (Carolina Dieckmann), foi o grande sucesso da trilha sonora da novela


POR AMOR (1998)

aA música Palpite, de Vanessa Rangel, ganhou as rádios do país. A música foi tema do amor entre Milena (Carolina Ferraz) e Nando (Eduardo Moscovis)


O REI DO GADO (1996)

aA dupla sertaneja ficcional Pirilampo e Saracura (Almir Sater e Sérgio Reis) colocou oito músicas da trilha da novela, influenciada basicamente pelo sertanejo mais tradicional


EXPLODE CORAÇÃO (1995)

aMacarena, do grupo Los Del Rio, com coreografia e refrão fáceis, tornou-se um sucesso no verão brasileiro de 1996


PEDRA SOBRE PEDRA (1992)

aCabecinha no Ombro, interpretada por Fagner e Roberta Miranda, foi tema do personagem Fábio Tadeu (Fábio Jr.), que aparecia para as mulheres depois que elas comiam a flor que nascia sobre o túmulo dele


RAINHA DA SUCATA (1990)

O tema da abertura da trama foi a lambada Me Chama que Eu Vou', de Sidney Magal. Inclusive, o ritmo embalou muitas das tramas da novela escrita por Silvio de Abreu


TOP MODEL (1989)

aA trilha da novela contém uma série de sucessos das rádios, como Oceano, de Djavan e À Francesa, de Marina Lima.


"TIETA'' (1989)

O cantor baiano Luiz Caldas, responsável por ter criado o axé music em 1985, interpreta o tema de abertura da novela


"VALE TUDO'' (1988)

"Brasil'', interpretada por Gal Costa, é a música de abertura da novela de Gilberto Braga


"MANDALA'' (1987)

"O Amor e o Poder'', cantada por Rosana, tornou-se um enorme sucesso. A música era tema da personagem Jocasta, vivida por Vera Fischer


"BREGA & CHIQUE'' (1987)

A abertura da novela de Cassiano Gabus Mendes causou polêmica ao mostrar um modelo nu. A música que embala a abertura é "Pelado'', dos roqueiros do Ultraje à Rigor


"ROQUE SANTEIRO'' (1985)

"De Volta pro Aconchego'', interpretada por Elba Ramalho, foi o tema do personagem Roque (José Wilker)


"DANCIN' DAYS'' (1978)

A trilha da novela levou o ritmo disco, sucesso nas pistas dos clubes noturnos, para a televisão


"GABRIELA'' (1975)

O produtor Guto Graça Mello convocou importantes artistas da MPB, como Maria Bethânia, Fafá de Belém e Gal Costa para gravar a trilha sonora da novela de Walter George Durst


"VÉU DE NOIVA'' (1969)

A novela de Janete Clair foi a primeira a ter um disco de trilha sonora lançado. Um dos sucessos foi "Irene'', de autoria de Caetano Veloso e interpretada por Elis Regina.
 
do Bem Paraná

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Clockwork News by TNB