Clockwork Comunicação

Twitter

O que é o clipping?

blog Pausa Dramática

Escola pública joga no lixo 150 livros doados

23 de abr de 2010

(ou o porquê de o Brasil estar onde está)

Cerca de 150 livros didáticos e de literatura encontrados na lixeira da Escola Municipal Donatila Caron dos Anjos, em caixas de papelão e sacos pretos, ontem pela manhã, no bairro Uberaba, em Curitiba, causaram confusão. O material foi coletado e enviado à doação. Uma hora depois que a reportagem entrou em contato com a Secretaria Municipal de Educação, a escola resolveu pedir os livros de volta. A justificativa é que o descarte fora feito por engano.


Indignação: estudante de Direito Josivânia Rorim, 34 anos, resolveu recolher as obras descartadas e doá-las

Por volta das 11h15 de ontem, a estudante de Direito Josivânia Rorim, 34 anos, encontrou o material na lixeira da escola. Depois que confirmou com uma funcionária o descarte, ela resolveu levar as duas caixas de papelão e os três sacos de lixo para casa. À tarde, a estudante entregou as 156 obras – na maior parte livros didáticos de inglês, português, ciência e história, além de livros de Jorge Amado e Mário de Andrade –, ao Centro de Con vivência do Templo Batista (Ce com), no mesmo bairro.

Por coincidência, as 80 crianças entre 5 e 13 anos atendidas pela instituição, no período do contraturno, são na grande maioria provenientes da escola municipal on de os livros foram encontrados. “Se eles não usam lá, aqui é fundamental”, afirmou o coordenador do projeto, Cesar Hen ning, 40 anos, lembrando que o material didático é usado nas aulas de reforço.

Em menos de uma hora, após contato da reportagem com a Secretaria Municipal de Educação, a diretora da escola, Cristina Fiorillo, pediu a devolução dos livros. Em nota enviada por e-mail, a pasta informou que as escolas da Rede Municipal de Ensino não têm autorização para jogar livros no lixo. No caso específico, o fato aconteceu por engano e deverá ser investigado.

Ao ser ouvida pela reportagem, Cristina informou que o material foi deixado no lixo sem a autorização da direção. Os livros foram recebidos em doação há poucos dias, e, por falta de tempo, não tinham sido organizados.
 
Descarte


Encontrar livros no lixo não é incomum. Veja outros casos:
  • Março de 2010 – 12 mil livros são retirados de um lixão de Iporá, em Goiás. Segundo a Secretaria de Educação de Goiás, os livros que não são mais utilizados são reciclados.
  • Novembro de 2009 – Livros didáticos foram encontrados em uma caçamba, em frente de uma escola na periferia de Ribeirão Preto (SP). Grande parte dos 1,5 mil livros não tinham sido usados.
  • Setembro de 2009 – Na Vila das Torres, em Curitiba, uma biblio teca comunitária foi montada com livros retirados do lixo. O acervo hoje é de cerca 6 mil obras.
Da Gazeta do Povo

Opinião de Flávio St Jayme:
É nessas horas que a gente entende o porquê do país estar onde está. Com jovens cada vez mais ignorantes sem saber escrever corretamente e sem cultura, achando que ler não leva à lugar algum. Se a escola joga os livros fora, quem vai estimular a leitura? Simplesmente revoltante a atitude, e nos faz pensar se devemos doar os livros usados à escolas municipais...

1 comentários:

Natureza Viva disse...

Mandem para minha escola estes livros, pois se lá está sobrando , na minha está faltando.OK. Eu pago o frete.neusa

13 de julho de 2010 16:06

Postar um comentário

 

2009 ·Clockwork News by TNB