Clockwork Comunicação

Twitter

O que é o clipping?

blog Pausa Dramática

Uma tarde divertida

8 de abr de 2010

Aproveite as sugestões de dois chefs de Curitiba para ter um cardápio saboroso ao ar livre

A origem da palavra piquenique é francesa, do século 17, mas se tornou comum somente dois séculos depois. Popular na Europa até hoje, a ideia é celebrar a chegada do verão e da primavera ao ar livre e em contato com a natureza, após longos meses de inverno. Na França existe até o verbo pique-niquer, que em português significaria algo como “piquenicar”. O hábito já serviu, inclusive, de inspiração para telas de renomados pintores, como Claude Monet e Édouard Manet, expostas no Museu de Orsay, em Paris.


“É muito comum lá fora, nos fins de tarde, principalmente aos domingos, ver as pessoas com suas cestinhas, inclusive com velas e vinhos”, diz o chef Ailton Almeida, da escola de gastronomia do Senac Curitiba.


Monte seu cardápio

Ainda dá para aproveitar os dias de sol em Curitiba fazendo um pi quenique. Para compor o cardápio, os sanduíches frios são sempre boas opções. Os recheios são simples e podem ir dos tradicionais queijo prato e presunto, à parma e rúcula, com cream cheese para umedecer os pães. Segundo Almei da, para atrair a atenção das crianças é interessante usar forminhas diferentes para cortar as fatias de pão em formato redondo ou de coração, por exemplo.

Acostumado a programas ao ar livre com a família, o chef Rudy Keller, do Centro Europeu, conta que gosta de inovar. Entre as opções de seu cardápio de piquenique estão espetos de pinhão com bacon e minissalada caprese, uma simples e tradicional entrada servida em refinados restaurantes pelo mundo. “Faço espetinhos com tomate cereja, pedacinhos de mussarela de búfala e folhinhas de manjericão, regados com azeite de oliva. Ficam coloridos, alegres, as crianças adoram e é uma forma de fazê-las comerem salada.” Outra dica de Keller é levar um fogareiro e estourar pipocas. “O importante é não escolher alimentos que es traguem com facilidade ou que possam ser contaminados, como ovos e carpaccios.”

O costume de “piquenicar” não é tão comum por aqui. Mas Curitiba tem muitas opções de agradáveis ambientes ao ar livre. Para aproveitar todo o verde da cidade, os chefs Almeida e Keller dão dicas para ajudar a compor seu cardápio. Escolha a melhor opção, dia e local, estenda a toalha xadrez e desfrute o mo mento com família, amigos ou, simplesmente, a dois.
 
Da Gazeta do Povo

0 comentários:

Postar um comentário

 

2009 ·Clockwork News by TNB